Saiba como pagar a nova taxa dos Correios sobre encomendas internacionais

Despacho postal de R$ 15 é cobrado desde segunda-feira (27/08/2018). Especialistas acreditam que novo custo deve espantar brasileiros dos sites de compras chineses.

Sites de compras internacionais que oferecem produtos de baixo valor em reais podem começar a perder uma parcela significativa de clientes brasileiros. Isso porque, desde segunda-feira (27/08/2018), está sendo cobrada pelos Correios uma taxa de R$ 15, o despacho postal. O valor passa a incidir sobre todas as encomendas do Exterior.

A medida já está em vigor e se aplica também a compras feitas antes da criação da taxa. Quem espera encomenda de fora do Brasil deve rastrear o pacote e pagar (confira abaixo).
A taxa fixa será cobrada também das aquisições isentas do imposto de importação – de até U$ 50 (R$ 203).

O número de consumidores que terão de colocar a mão no bolso é considerável. Apesar da crise, 22,4 milhões de brasileiros realizaram compras em sites internacionais no ano passado, um crescimento de 6% em relação a 2016. E os gastos chegaram a U$ 2,7 bilhões de dólares em 2017 com essas compras online (quase R$ 11 bilhões). Os dados são da 37ª edição do estudo Webshoppers, realizado pela consultoria Ebit.

Mas especialistas do setor projetam sobre as compras de preços menores o maior impacto do despacho postal. Portais chineses como Gearbest e AliExpress oferecem produtos por menos de R$ 5, por exemplo. Agora, para esses itens, a taxa pode ser mais cara do que a compra.

– Essa taxa pode ser um entrave para o consumidor comprar. Antes, para fugir do imposto de importação, a tática era fazer várias compras menores, todas abaixo de U$ 50. Agora, quem fizer isso pagará R$ 15 por cada encomenda – diz o conselheiro e diretor de relações institucionais da Ebit/Nielsen, Pedro Guasti.

Pagamento pela internet


O prazo de entrega do objeto, conforme o serviço contratado no momento da compra, passa a contar a partir da data da confirmação do pagamento. Os destinatários que estiverem aguardando encomendas do Exterior devem acessar o sistema de rastreamento de objetos e realizar o pagamento do despacho postal por meio de boleto ou cartão de crédito. As informações e orientações sobre os procedimentos de importação estão disponíveis no site dos Correios.

O que muda com a taxa dos Correios


Antes
– Encomendas até U$ 50 (R$ 203), que não pagam imposto de importação, eram entregues diretamente no endereço do destinatário.
– Se tributadas (valor superior a U$ 50), o destinatário recebia aviso dos Correios com as indicações sobre como fazer o pagamento online.

Agora – Não faz diferença o valor da encomenda, quem estiver esperando encomenda internacional precisa rastrear a encomenda e pagar a taxa do despacho postal.
– Se houver tributação, a cobrança será na mesma fatura.

O passo a passo no site dos Correios


Compras sem tributação – valor até US$ 50 (+- R$ 203)

– Pelo portal dos Correios, depois que acessar a aba de rastreamento dos Correios, será aberta a página para esse procedimento.

Depois que acessar o rastreamento, é só clicar em "Pagar".

– Quem não estiver cadastrado precisará se entrar no idCorreios e criar usuário e senha.


Nome de usuário e senha são exigidos no processo

– É preciso inserir dados do cartão de crédito ou optar pelo pagamento com boleto para gerar a fatura.


Pelo boleto, o pagamento é confirmado em até 3 dias úteis

Compras com tributação – valor superior a US$ 50 (acima de R$ 203)

– É preciso acessar o ambiente Minhas Importações no site dos Correios.


Esse processo é para quem terá de pagar imposto de importação

– Também é necessário inserir no idCorreios o login e a senha.


Quem não tem senha senha cadastrada clica em "Cadastrar-se" no idCorreios

– No ambiente Minhas Importações, pesquise pelo código da encomenda e acesse o ícone de pagamento.


É necessário o código da encomenda para acessar o pagamento

– Após uma tela com informações sobre o pagamento, será dada a opção pela forma de quitar a pendência.


A última etapa é selecionar a forma de pagamento



VÍDEO/CANAL PATROCINADOR
Inscreva-se: Vamos Brincar com Biel?